MATEMÁTICA DO BEM

No último domingo (14) fui ao Sodalício da Sacra Família, na Tijuca, acompanhar a primeira ação do grupo solidário Matemática do Bem. Fundado por quatro mulheres, Ingrid Mendonça, de 31 anos, Márcia Barroso, de 28, Nathalia Freitas, de 25, e Nassira Brito, também de 25, o grupo tem como lema as quatro operações matemáticas: somar (boas ações), multiplicar (amor), subtrair (sentimentos ruins) e dividir (o tempo com quem precisa). Fundado em 24 de janeiro de 1929 por Maria Cavalcanti de Almeida, o Sodalício da Sacra Família tem o objetivo de amparar e acolher mulheres com deficiência visual que estão à margem da sociedade, em situação de risco social ou familiar.

Foto: Matemática do Bem
Foto: Matemática do Bem

Para a campanha de Natal na instituição, a Matemática do Bem arrecadou produtos de limpeza e higiene pessoal. Além das doações, o grupo promoveu um café da manhã e conseguiu padrinhos para as internas: o interessado apadrinhava uma das mulheres e dava um presente de Natal para ela. Para saber a idade da “afilhada” e o tamanho de roupas e sapatos, bastava olhar na tabela publicada na página do Facebook. Eu e Fábio apadrinhamos a Maria de Fátima!

Conversei com uma das idealizadoras do projeto, Ingrid, e ela contou ao Paz, amor e lápis de cor como surgiu a Matemática do Bem. Tudo começou quando abriu um concurso na empresa em que trabalham juntas. Ingrid pensou em sugerir que a empresa se envolvesse mais em ações sociais. Quando foi contar a ideia para as colegas, chegaram a conclusão que poderiam agir por elas mesmas.

– Nos perguntamos “por que a gente não faz alguma coisa, em vez de ficar esperando que a empresa faça?” Aí começamos ali mesmo, paramos de trabalhar, viramos as cadeiras…[risos] Cada uma sugeriu um nome, até que eu falei “Matemática do Bem”, e optamos por ele por conta do conceito, pensando nas quatro operações.

Elas queriam que a instituição apadrinhada nesta primeira campanha ficasse em um bairro relativamente perto para elas, por conta da logística para levar as doações, então escolheram a Tijuca. A partir daí, pesquisaram na internet e ligaram para alguns lugares, até chegarem ao Sodalício da Sacra Família.

– A Nassi ligou para essa e adoramos, marcamos uma visita e viemos aqui para conversar com a irmã Graça, que é a responsável. Perguntamos o que elas mais precisavam naquele momento e ela disse que precisavam de tudo, mas principalmente material de limpeza e higiene pessoal.

MATEMATICA_DO_BEM_2

Dois dias depois de criarem a página da Matemática do Bem no Facebook, já tinham 200 curtidas.

– O retorno na página foi bem legal. Muitas pessoas gostaram, apoiaram o projeto, mas não necessariamente voltou em doação. Mas quem doou, doou um volume bem legal. Uma amiga minha e colega de trabalho do meu marido conseguiu juntar R$ 510 pra gente, então foi muito bom quando a gente foi ao mercado comprar as coisas.

Ingrid explicou também como tiveram a ideia de convidar pessoas para apadrinharem as meninas do Sodalício.

– Por ser Natal, remete a presente. Então foram duas vias: primeiro a via da doação, segundo a dos presentes. Como a gente não conseguiria dar conta de dar presente para todas elas, pedimos um padrinho para cada uma, para dar um simbolismo de Natal. Não sabemos se nas próximas [campanhas] vamos pedir padrinhos com presentes, porque faz muito sentido no Natal, mas não necessariamente em outra época do ano.

Foto: Caio Lemos
Foto: Caio Lemos

A intenção é que as próximas ações da Matemática do Bem sejam em abril, na época da Páscoa, depois no meio do ano, entre junho e julho, e em seguida em outubro, pelo Dia das Crianças, e novamente no Natal, nestas quatro épocas sempre. As instituições a serem contempladas ainda estão sendo escolhidas.

– A ideia é ajudar cada vez uma instituição diferente, para podermos ajudar o maior número de instituições possível. Aceitamos sugestões!

signature2

Anúncios

Escrito por

Jornalista por profissão, vocação e paixão. ♡

3 comentários em “MATEMÁTICA DO BEM

  1. Muito Bom Ligia…Seu site é maravilhoso! Obrigada pela confiança. Juntos somos mais fortes!! Bjos em nome da Matemática do Bem!

  2. Muito legal, Ligia! E legal também da sua parte divulgar o trabalho delas e do Sodalício, acabei de enriquecer minha lista de lugares pra ajudar. A matéria, como sempre, está muito bem escrita, parabéns! Dá o maior orgulho saber que já trabalhamos juntas e tal. :)

    Um abraço,
    Mona
    http://www.literasutra.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s