MUDANÇAS VEM DE DENTRO (MAS REFLETEM AQUI FORA)

Hoje é dia do psicólogo! E eu acho que todo mundo deveria fazer análise.

Comecei a fazer análise há pouco mais de um ano e é o tipo de compromisso que tenho comigo mesma que não abro mão. Não troco por nada, nem por festa, nem por trabalho – ok, já cheguei atrasada algumas vezes por conta do trânsito ou do trabalho, mas não deixo de ir. No máximo, remarco para outro dia.

Uma amiga bailarina sempre diz que não pode ir aos eventos falando “não posso, tenho ensaio”. Eu digo “não posso, tenho análise”.

Mas calma, isso também é coisa do santo bater. Meu santo bateu com o da minha analista de um jeito que eu me sinto completamente confortável pra falar qualquer coisa com ela – e ela me deixa super à vontade também.

Fazer terapia é bom para você se descobrir, encontrar seus medos e enfrentá-los. Isso eu digo como paciente. Para a psicóloga Luisa Alonso, que administra a página Análise de Hoje, “fazer terapia é trilhar um caminho de encontros e desencontros”:

– É, primeiramente, encontrar um lugar que te permita e ofereça proteção para sentir, para, verdadeiramente, sentir. Fazer terapia é se ligar, desligar e reconectar com suas histórias, suas sensações, seus sonhos e seus afetos. Sim, muitas vezes, fazer terapia dói, mexe nas suas entranhas e remexe nas suas feridas; mas, uma forma real e eficiente de cicatrizá-las! Resumindo, fazer terapia é fazer a si mesmo(a), é, em conjunto, com real acolhimento, encontrar nossas sombras para reconhecer nossas luzes. Fazer terapia é, por fim, cuidar de si, é erotizar a si mesmo, é jogar amor e luz nas suas potências.

Já a psicóloga Bruna D’Alicourt afirma que a análise te permite entender coisas que antes você não entendia:

– Fazer análise é você buscar entender certas coisas que você não entende, coisas da vida que te deixam intrigado com o porquê daquilo acontecer com você. Você chega com um sofrimento e, na análise, você percebe de onde vem, se é alguma coisa que você causa no outro, se é uma escolha objetal sua, tentar entender qual é essa repetição sua que causa um sofrimento e que, muitas vezes, você acha que vem do outro. Tentar, depois de perceber certas coisas suas que achava que partiam do outro, poder lidar com isso e agir de outra maneira.

Com isso eu estou querendo quebrar o tabu de que só pessoas com problemas psiquiátricos fazem terapia. Vamos acabar com este rótulo e se permitir ao autoconhecimento com a ajuda de um profissional. Você precisa querer se olhar no espelho e ver o que está dentro daquela imagem refletida ali.

Sempre fui muito fechada. Das minhas amigas, sempre fui aquela que mais ouviu e menos falou de si. Na primeira sessão, perguntei se quem estava na sala de espera conseguia ouvir o que eu estava falando. Até hoje fico meio receosa, mas vamos com calma, um passo de cada vez.

É que ali é o meu reduto particular. É onde me sinto mais à vontade para ser eu mesma. Ali que as mudanças acontecem. E dizem que as mudanças vêm de dentro pra fora. Depois que comecei a fazer análise, fiz minha primeira tatuagem, deletei algumas pessoas da minha timeline (e da minha vida),  resolvi mudar a decoração do meu quarto etc. Essas foram as coisas que refletiram do lado de fora, mas a mudança mesmo está acontecendo o tempo todo dentro de mim.

peoplechange

Anúncios

Escrito por

Jornalista por profissão, vocação e paixão. ♡

Um comentário em “MUDANÇAS VEM DE DENTRO (MAS REFLETEM AQUI FORA)

  1. Lindo texto, Ligia! Já que você me perguntou, eu diria que fazer e análise é como receber um chá quentinho numa noite fria, mas também é uma freiada brusca do metrô quando a gente está em pé de mãos soltas e achando que está tudo sob controle. Sigo entre o chá e a freiada há mais de dez anos e acho muito importante. :*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s