LOVE YOURSELF FIRST

Sempre ouvi dizer que a felicidade não é algo que se compra e é seu pra sempre. Felicidade é o nome dado a um conjunto de momentos felizes. “Encontrei a felicidade em você”, disse aquela que está num relacionamento incrível.

Isso não significa que ela está feliz o tempo todo, mas que os momentos ao lado do seu par a fazem feliz e a estes momentos ela dá o nome de felicidade. O carro quebrou, o chefe mandou ela embora, ela não passou na prova, ela brigou com os pais. A tristeza pode caminhar junto da felicidade. E sem um sentimento, o outro não existiria.

O mais importante de tudo é a gente buscar o melhor da gente – pra nós mesmos. Sempre vão existir aquelas pessoas que você considerava amigos do peito e que, de repente, viram as costas, inventam fofocas, te olham torto. Paciência. Sabemos o que somos. Temos que enxergar o que temos de bom e aprender a ser feliz com nossa própria companhia. É aquela velha história do copo meio cheio.

Você ser sempre muito solícito, muito amigo, muito disponível não obriga as pessoas que estão ao seu redor a serem também e sei como pode ser difícil não se abalar com isso, mas é uma situação que só passando para aprendermos a lidar. É como andar de bicicleta: depois de alguns tombos, podemos tirar as rodinhas e sair andando por aí. Obviamente não somos de ferro e haverão outros tombos no percurso da vida, mas a maturidade ajuda a gente a lidar melhor com eles.

A gente cresce e vê que viver não é fácil. O mundo está cada vez mais egoísta, e todos os dias temos que aprender a conviver com isso da maneira que a gente conseguir. A gente amadurece depois de tropeçar tantas vezes e cair outras tantas. O importante é levantar!

Pessoas que te eram queridas passam hoje como desconhecidas. A vida não é justa e tolice perguntar o por quê das coisas: elas simplesmente acontecem. Fica quem é de verdade e vale a pena. São elas que te levantam, sacodem a poeira e fazem você dar a volta por cima. Elas que se mantêm junto mesmo quando estão longe. É verdade: melhor ter amigos que se conta numa mão que uma gangue ao seu lado. Porque amigo de verdade não é o que te procura sempre que ele está mal – afinal você é uma boa ouvinte -, ou que só é amigo quando precisa de 1) companhia pra sair, 2) ajuda para estudar, 3) entre tantas outras coisas que não passam de coleguismo e/ou interesse, mas sim aquele que também te suporta quando até você se sente insuportável e está ali para você quando você não consegue ter ânimo nem para sair da cama.

Por isso, desejo que cada um encontre seu melhor amigo dentro de si e aprenda que podemos estar sozinhos sem nos sentirmos solitários.

Um viva ao amor próprio e à paz interior.

Anúncios

Escrito por

Jornalista por profissão, vocação e paixão. ♡

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s