LIVRO DAS FLORES DO JARDIM BOTÂNICO DO RIO DE JANEIRO

Há dez anos, João Quental e Cecília Beatriz da Veiga Soares iniciaram uma jornada juntos dentro do Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Ele, fotógrafo. Ela, paisagista, professora e escritora. Foram cerca de 120 caminhadas pelo arboreto – uma por mês – em busca das espécies que estão floridas. Ela vinha com a prancheta na mão e ele com os cliques.

Um trabalho em parceria deu origem a outro: o lançamento do livro Flores do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, que ocorre neste sábado, 10/12, das 16h às 19h. Paralelamente ao lançamento do livro, será aberta a exposição homônima, com fotos que ilustram o livro. A mostra fica em cartaz até 20/01 no Auditório Geraldo Jordão Pereira (Rua Jardim Botânico, 1008, Casa 6). O local está preparado para receber portadores de necessidades especiais.

Quental está ansioso para a ver a reação do público visitante:

– Com relação à exposição, a sensação é curiosa. A satisfação é grande, claro, em especial por ver as imagens das flores impressas em grandes formatos, que é algo que valoriza muito as texturas, as cores, a geometria das flores. Além disso, há uma sensação de curiosidade com relação às impressões do público. Mas o mais interessante, para mim, que tenho como “especialidade” a fotografia de aves, é ver um resultado diferente, com outros parâmetros, tendo um espaço para ser mostrado.

Nunca haviam pensado em publicar um livro a partir das florações. Segundo Cecília, eles caminhavam “por prazer, fotografando e apreciando cada flor”, o que Quental confirma:

– Em um certo sentido, hoje parece mais do que natural que a minha parceria com a Cecília tenha evoluído para um livro. Quando começamos a caminhar juntos, há dez anos, essa ideia não passava pela nossa cabeça. Mas, com o passar do tempo, começamos a imaginar como seria reunir as imagens e textos que foram se acumulando e criando um conjunto de informações que se parecia cada vez mais com um livro. Há uns três anos, mais ou menos, tivemos a certeza de que tínhamos algo completo, que poderia ser publicado, e aí a questão passou a ser o patrocínio.

A obra vem em formato de guia de campo (432 páginas), e em duas versões – em português e inglês. A organização do livro respeitou as normas científicas e contou com a consultoria do pesquisador e botânico Dr. Haroldo Cavalcante de Lima, especialista da flora do Jardim.

No guia estão descritas as 450 espécies do JBRJ já catalogadas por eles – algumas, que floresceram apenas uma vez -, descritas com as devidas características e nomes popular e científico.

O lançamento do livro e a exposição, realizados pela Associação de Amigos do Jardim Botânico (AAJB), foram possíveis graças à Lei de Incentivo do Ministério da Cultura; produção da Hólos Consultores Associados e ao patrocínio da Construtora Elos Engenharia; Porto Fino Empreendimentos, Manutenção e Serviços; Itaú Cultural e a um grupo de membros da AAJB.

Anúncios

Escrito por

Jornalista por profissão, vocação e paixão. ♡

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s